Gabstock 2012

IMG_3587

IMG_3569

IMG_3528

IMG_3426

IMG_3363

IMG_3353

Fim de semana passado rolou na casa do meu comparsa Gabriel mais uma edição do GABSTOCK.

O Gabriel tem uma bela casa no último bairro de Porto Alegre, o Belém Novo. É uma das casas mais legais de todas as pessoas que eu conheço. Há muitos anos eles vêm melhorando a casinha aos poucos, enquanto as crianças crescem e as árvores do pátio também, transformando aquilo num belíssimo jardim. Sempre que vou lá, saio meio pensativo. Uma pena que a Chi ainda não estava aqui pra eu levá-la para ver esse lado diferente da capital gaúcha. Vou ter que voltar!

Foi um bom dia, com churrasco parrillero rolando o dia todo. E tudo girou em volta do palco, que foi instalado no meio do pátio, onde músicos se revezavam tocando algumas canções famosas, outras mais obscuras.

Até eu me meti a tocar bateria, toquei “Purple Haze” do Jimi Hendrix (que tinha um grande baterista) e “Paranoid“, do Black Sabbath, além de umas outras duas músicas que eu não conheço, mas levei enganando. Pra quem NÃO SABE tocar bateria, fui bem, suei pra burro, logo de chegada. Ainda tentei cantar “Rockin in a free world”, mas fracassei um pouco por ter esquecido a letra. Nessa e em outras canções, incluindo “Highway to Hell” do AC/DC e uma versão de “Cachorro Louco” com alguns integrantes da TNT, quem mandou bem na bateria foi o Conrado, que já tá impressionando os músicas profissionais com sua habilidade na bateria.

Valeu, Gabi! Rumores dão conta de que a coisa rolou até umas 6 da manhã, mas eu saí pelas 21:30.

O resto das fotos, aqui.

Festa Junina 2012

No dia em que trocávamos emails planejando fazer um churrasco no terraço para assistir à horda celebrar San Juan na praia, o pessoal da imobiliária ligou avisando que não podíamos mais fazer fogo lá em cima, que era proibido e que tínhamos que nos livrar da churrasqueira. Bom, deu pra aproveitar por dois aninhos. Acabamos trocando a função para um HOT DOG geral, acompanhado de joguinho da Euro2012. Fizemos a mão de colocar a TV lá em cima e foi um bom evento.

San Juan é uma das maiores festas da cidade de Barcelona, certamente a maior do ano na praia. Milhares e milhares de pessoas, música bombando alto até altas horas. A gente nem colocou o pé na areia, só vimos lá de cima. Nossos vizinhos do lado estavam se divertindo jogando foguetes no pessoal que vinha na rua para mijar entre os carros. Demos boas risadas assistindo a isso.

Sim, a camisa xadrez foi de propósito, caipira. 😉

Parti Zamanı

Na noite de sexta-feira, combinamos algo com a Güneş, ela tinha uma festa (temática piratas e marinheiros) na casa de uma amiga espanhola, onde estavam dezenas de outras pessoas, maioria estrangeiros e alguns turcos perdidos. Destaque para o apartamento que sediou, que tinha uma bela vista do Estreito de Bósforo. De lá, acabamos indo para outra festa, expulsos do prédio por vizinhos. Tudo isso no bairro de Taksim, a zona BOÊMIA de Istanbul. Mas a gente não pôde ficar por muito tempo, tínhamos agendado um HAMMAM para a manhã seguinte.

T-Storm

Na sequência do almoço, veio, afinal, a tão antecipada tempestade que rondava a cidade. Nuvens densas e escuras. Um verde espetacular no céu, que produziu uma luz belíssima. Boas fotos. Logo, ventarréia, tormenta e granizo. Mas aí eu já tinha guardado a câmera.

Year One

Hamburger no Kiosco (boa lanchonete) e depois aniversário do filho do colega Quim, no Parc de La Ciutadella. Um bom dia. Feliz aniversário, Pequeño!

Mercado de cosas viejas

No exato sábado em que o verão chegou em Barcelona, fomos a um brechó comunitário conferir o movimento. Fomos junto com a Gráinne, irlandesa colega de trabalho da Chi. Elas acabaram nem comprando nada, eu, que fui de furão, acabei comprando uma camiseta simpática. Depois, com a crise que o Bicing enfrente nos dias de sol, acabamos tendo que caminhar de volta à praia. É praticamente impossível encontrar um lugar para estacionar as bicicletas na praia em dias de sol forte.