Saídas & Entradas

E passaram as festas, finalmente, o ano novo está aí.

Tenho uma pilha de fotos aleatórias para postar, alguns assuntinhos a tratar, para quem tempo para sentar e bater um papo.

Como tiramos uma semana de férias no início de dezembro, meu mês, financeiramente, foi bem fraco, bateu mais ou menos na metade da média, infelizmente. Mas tudo bem, relaxamos. Último dia de trabalho do ano foi ajudar a organizar a festa de Natal do pessoal querido com quem trabalho mais regularmente. Foi bem legal, inclusive fiz umas fotos durante a festa, no estúdio, do pessoal que estava lá, todos, maioria homens peludos, vestindo o mesmo vestido. Ficou bacana.

Em outras notícias, estou me puxando para aprender italiano. Era uma coisa que eu tenho na minha lista de afazeres há tempos. Minha mãe pediu para eu achar algum app ou website que ensinasse inglês para ela, acabei achando esse excelente chamado Duolingo. É viciante, é como um joguinho. Recomendo muito. Depois que acabar o italiano, quero fazer o alemão também, para tentar melhorar um pouquinho, lembrar algo dos oito anos de estudos que tive no Dohms.

Meus melhores presentes de Natal:

1.Violão novo, cordas de nylon, menorzinho, bem macio. Com o violão METAL que o pai da Chi tinha me dado, meus dedos ficavam em carne viva. Com esse, toco por horas sem problemas.

2.Um jogo FÍSICO de Scrabble. Muito bom, jogamos quase todos dias desde que ganhei. A gente vinha jogando pelo app do smartphone, mas ao vivo é bem mais legal.

Fora isso, tivemos comemorações COMEDIDAS (duas em casa, duas na casa de outros), sem excessos, nem cheguei a beber mais que DOIS drinks por ocasião. O equivalente a QUATRO KEEP COOLERS, aprox.

Falando em bebidinhas, pouco antes do Natal, hospedamos aquele casal de suecos queridos que conhecemos em Airlie Beach. Nos presentearam quatro garrafas de uma cidra sueca chamada Rekordelig, que é tão gostosa que parece refrigerante. Viro uma garrafa dessas, com gelo, em cinco minutos. Um perigo. A de manga com framboesa é fatal.

Temos ido bastante à praia, sempre que possível, o tempo tem ajudado bastante. A pedal, a praia mais perto fica a 25 minutos daqui, é Coogee. É uma delícia. E a costa de Sydney é uma coisa de cair o queixo, fizemos a caminhada toda entre Coogee e Bondi, passando por Tamarama, Clovelly e Gordons Bay, levou duas horas, mas valeu cada segundo. Que coisa linda. Confiram as fotos todas no álbum do FÊICE. Conseguimos ver muita gente que a gente gosta nessas festas, a maioria registradas nas fotos, por que, afinal, não posso carregar minha câmera a TODOS lugares, TODOS dias. É pesadinha. Na real, só não tenho fotos do ano novo.

HF__2561

HF__4147

HF__4138

HF__4091

HF__4084

HF__3798

HF__3613

HF__3563

HF__3518

HF__3516

HF__3438

HF__2770

HF__2579

Era isso por agora. Espero que tenha tido boas festas, feliz 2014!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s