Sevillanas

Para fechar as férias do ano anterior, fui obrigado a tirar mais 4 dias de folga. Acabei indo a Sevilla. Boa cidade, na parte histórica. Suja na parte de subúrbio, que foi onde passei as três primeiras noites. Próximos posts incluirão as fotos de lá.

Anúncios

Brokeback Poppet

Enquanto os romenos foram esquiar em outra estação perto dali, ficamos com o carro e passeamos por Andorra. Depois de uma volta pelas lojas e pelo supermercado, fizemos um picnic rural pela região de Llorts. Havia uma cachoeira congelada, um rio, uns cavalos bonitos e umas estátuas bizarras. E assim terminou a viagem (apenas 3 horas de carro até lá), onde completei a visita ao vigésimo país, tendo passado por aproximadamente 136 cidades, tendo ficado mais de um mês ininterrupto em 7 delas (Porto Alegre, Imbé, Bradenton, London, Sydney, Santiago e Barcelona). Parar no aeroporto não vale, senão teria também Hong Kong.

Ho Tell

Depois de un desayuno buffet livre baixado, saindo do bom hotel Husa Patagonia, que fica no pé de uma belíssima montanha.

Centrinho

E aí o centrinho da capital de Andorra, Andorra La Vella, um dos lugares mais baratos da Europa para bebidas e eletrônicos. Comemos num restaurante PALHA.

PS: hoje faz 22 anos da morte do meu pai e eu estarei bebendo uma Brahma Extra em Sevilla em sua homenagem. Queria também mandar um beijo pra minha mãe, pra minha vó e pra vocês.

Snwo

Fim do primeira dia na neve.

Downtempo

E aí passamos o dia na estação de esqui. Chi esquiando pela primeira vez, eu fazendo snowboard no quarto país diferente (Slovenia, Australia, Chile e Andorra). Fui de mochila, com a câmera dentro, e com a jaqueta não-apropriada, confiando que não cairia o suficiente para necessitar a roupa específica. Me dei bem, não fez falta.