Caldera

E essa é a vila de Oia, no final da tarde. Um dos lugares mais branquinhos, limpinhos e floridos que eu já vi. Muito bem cuidado para a turistada, HORDAS que vão todo dia ali ver o pôr-do-sol.

Anúncios

Finikia


Depois de três noites na BOA pousada Anna, que está muito bem localizada na vila de Karterados, perto de Thira, tínhamos programado uma troca para a pousada Kiklamino’s, que fica na vila de Finikia, mais para o norte da ilha, perto de Oia, de onde se tem uma boa vista do (supostamente) pôr-do-sol mais bonito do mundo (alô, Guaíba). A troca no fim não foi lá muito vantajosa, pela localização muito mais isolada. Mas nos deu a chance de conhecer todo um lado diferente de Santorini. E o preço era mais ou menos o mesmo, no fim das contas, com o problema de que essa pousada era BEM mais longe do aeroporto e tivemos que pagar uma carona para o pessoal do hotel, por que nosso avião era às 6:55 e o ônibus que faz a ilha não funciona nesse horário. A pousada não era ruim, se tivesse piscina, como a outra tinha, teria sido bem melhor, por que o calor tava foda.

PS: detalhe engraçado de fotos na frente de uma pousada que recebeu os caras do Greenday, aparentemente mais de uma vez, e a Jennifer Aniston (que é de origem grega).

ψάρι

Ao por-do-sol, resolvemos comer por ali mesmo, em um restaurante que nos foi recomendado chamado To Psaraki. Vinho branco local, lula grelhada e um peixe fresco de respeito. Além da bela vista.

Vlychada

Depois de um momento perdidos e uma entrada em falso na aparentemente terrível praia de Perivolos, onde testemunhamos uma tranqueira e um acidente, conseguimos chegar a Vlychada, que terminou sendo a nossa praia preferida na ilha de Santorini. Bastante calma, nudismo liberado e um cenário um tanto alienígena, lembrando Star Wars. Curti. Passamos a tarde jogados ali.

Perissa

A praia de Perissa, que tem, como a maioria, areia preta e, como nenhuma outra, quente pra caralho.

Στο δρόμο

Na estrada para a praia de Perissa.

Kamari

Fim de tarde, visitamos essa praia chamada Kamari. Nada de mais. O quadriciclo, além de necessário, é bastante divertido. A Chi experimentou dirigir um pouco.