Here comes a new challenger

Outro dia estava estacionando a bicicleta depois do trabalho e escutei urros e palmas. Havia um furdunço na beira da praia, fui conferir o que era. À primeira vista, pensei que era uma roda de capoeira, havia música. Chegando mais perto, notei que era uma espécia de campeonato de luta livre promovido pelos africanos que geralmente se reúnem em volta do monumento La Estrella Herida.

Corri para cara buscar a câmera e voltei para observar e fotografar. Bem divertida a função, no esquema tipo judô, sem chute nem soco, nem dedo no olho nem mão no saco. É só derrubar o oponente no chão, a areia nas costas denuncia a derrota. O árbitro é um cara que está sempre pinguço pelas redondezas, ele tocava uma flauta ao invés de um apito. O destaque da tarde foi um francês, o sujeito mais branco das fotos, que venceu duas vezes os africanos e foi declarado o campeão da jornada.

Teria feito um “Here comes a new challenger” contra ele, se tivesse com quem deixar a câmera. Ainda mais agora que o Iuri me ensinou uns lances aí para derrubar os caras.

Anúncios

2 comentários sobre “Here comes a new challenger

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s