Med Cuisine

Feriadão de Semana Santa em Barcelona, nada de trabalho por quatro dias seguidos. Com o tempo ruim, nos restou inventar coisas para fazer em casa e, depois de bastante tempo de repetições de velhas receitas da casa, sugeri algo novo, uma idéia que já estava caindo de madura. Desde Londres, sou muito fã de hummus, então sugeri tentarmos uma receita caseira. Saímos para comprar os ingredientes que faltavam, uma coisa levou à outra e acabamos fazendo uma noite de comida mediterrânea. Eu me encarreguei do hummus e do pão pita, a Chi fez köfte e tzatziki. As receitas básicas estão nos links. Tudo saiu perfeito, comemos demais e ainda sobrou. E são pratos excelentes para se fazer para várias pessoas, por que podem ser preparados com antecedência sem perder o FRESCOR. 😉

PS: as fotos não fazem justiça à gostosura.
PS2: para quem tiver preguiça de fazer em casa, recomendo, em Porto Alegre, Al Nur e Lubnnan.

Anúncios

I have beautiful eyes

Rio – Não gosto nada de ter a versão 3D como única opção para assistir a um filme, mas enfim. Não mais falarei sobre como é PIOR assistir 3D do que formato tradicional. A verdade é que, mesmo tendo pago quase o dobro do valor normal de uma sessão, valeu a pena ter ido ver esse tal de Rio, dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha.

É justamente o fato de ser dirigido por um brasileiro de verdade que garante a legimitidade do filme (como por exemplo as mesas e cadeiras de plástico no calçadão). Mostra um Rio de Janeiro muito fiel à verdade, sem ser estilizado demais, no estilo do que fizeram em Paris com Ratatouille. Claro, é um pouco enfeitado, os coqueiros são mais bonitos, tudo é mais vivo e verde, como se espera de uma animação.

Acho que lidaram bem com o lance de fazer um filme falado em inglês no Brasil sem fingir que inglês é a língua que se fala ali. Ok, 95% das pessoas, incluindo vilões favelados, parecem dominar o idioma, mas também seria uma confusão ficar misturando muito português com inglês num filme para crianças.

A cena da Sapucaí estava linda, assim como todas as cenas que mostram o Rio de cima. Claro que está tudo no contexto Copa do Mundo/Olímpiadas vêm aí, com todos os prós e contras.

O elenco de vozes é bem variado e funciona muito bem, incluindo Anne Hathaway, Jesse Eisenberg (nerd do filme do Facebook), Rodrigo Santoro, Tracy Morgan (o moreno engraçado do 30 Rock), Jamie Foxx e will.i.am E um dos momentos mais engraçados do filme foi o pássaro vilão dublado pelo Jemaine Clement fazendo um número musical total estilo Flight of The Conchords. Nota 9.0

Azotea

Há um mês, colocaram uma porta nova no terraço, chaveando-o. Uma boa idéia, por motivos vários, mas especialmente por um sujeito suspeito que morava no prédio e seguia vindo ali para ficar olhando as pessoas com seu binóculo. Como os velhinhos dos apartamentos mais baixos não se prestam a subir no terraço NEM A PAU, fomos os únicos a demonstrar interesse pela chave, que nos foi mandada pela imobiliária pelo correio. Demos uma cópia para os vizinhos de porta e pronto. Somos apenas dois apartamentos com acesso à boa “terraza”. Por esse motivo, passamos pelo IKEA outro dia e compramos uma mesinha para colocar ali. Juntando com as quatro cadeiras que já tínhamos, estamos bem servidos para o veraneio.

Domingo passado, inauguramos oficialmente o lance, com uma bela pizza e um jogo de canastra regado a chá gelado de hortelã.

Mercado de cosas viejas

No exato sábado em que o verão chegou em Barcelona, fomos a um brechó comunitário conferir o movimento. Fomos junto com a Gráinne, irlandesa colega de trabalho da Chi. Elas acabaram nem comprando nada, eu, que fui de furão, acabei comprando uma camiseta simpática. Depois, com a crise que o Bicing enfrente nos dias de sol, acabamos tendo que caminhar de volta à praia. É praticamente impossível encontrar um lugar para estacionar as bicicletas na praia em dias de sol forte.

Cat People

Outro dia o Dario, o Cabelereiro Gentil, pediu para eu ir na casa dele sacar umas fotos das duas gatinhas que ele ganhou. Gostei mais da GALA, que é a cinza de cara manchada. Da outra, nem lembro o nome.

Callejero

Outro dia passei perto do Arc de Triomf e me surpreendi positivamente com uma obra feita durante o inverno. Não é que uma avenida que antes tinha quatro pistas foi diminuída? Enquanto algumas cidades fazem uma obra que COME uma pedaço do pátio de algumas residências para alargar pistas e colocar um corredor de barulhentos ônibus, Barcelona ESNOBA tirando espaço dos carros, acrescentando uma pista de bicicleta no meio da avenida e fazendo uma “inútil” extensão de calçada/grama, com bancos e plantas.

No mais, turkish coffee e planejamento de férias no terraço.

Bolívar

Dia desses fomos a uma festa de despedida de um amigo do futebol que estava voltando para a Alemanha. Lá, conhecemos uma boliviana que mora aqui há uns 7 anos. Ela e a Chi passaram o tempo inteiro conversando e se deram muito bem. Resultado: estão se encontrando regularmente, uma para aprender espanhol, a outra para melhorar o inglês. Outro dia fizemos sushi lá em casa, depois fomos convidados para um carreteiro + tiramisu na casa dela. Tava bem gostoso. E conhecemos também a sobrinha dela, que é uma figura. Fala inglês, italiano, espanhol e catalão, misturando tudo, e adora comerciais de carro. Também fica hipnotizada quando passa a propaganda do KFC.