You only get what you give

Quando cheguei a Berlin, na casa do Cagado, passei a me familiarizar com algo que eu ainda não conhecia: CouchSurfing. Claro que o conceito é velho e eu venho praticando-o, extra-oficialmente, há anos. Mas ainda não sabia do site, que é uma grande comunidade mundial e que está se tornando cada vez mais popular. Na Alemanha, especialmente em Berlin, a comunidade é fortíssima e quase todas pessoas que conheci por lá estão participando. O Cagado mesmo é membro e começou a hospedar gente regularmente, já que sua espaçosa casa permite.

Aí tu pensa, mas como vou confiar numa pessoa que nunca vi na vida? Estou viajando com câmera, computador, como posso deixar na casa de um estranho? Bom, o CS é um lance que funciona na base da referência, da confiança e do espírito de comunidade, troca, mutualismo. Ali, se aprende a confiar e ser confiado, quando a sociedade inteira te diz que o certo é desconfiar de todo mundo, que todo mundo quer te roubar ou te dar um golpe.

Bom, o que aconteceu foi que eu tinha marcado viagem para Lisboa por convite de uma amiga. Aconteceu que a amiga no fim não pôde me receber (na verdade, não pôde sequer me VER) e eu fiquei a ver navios. Parte da culpa foi minha, por ter marcado as passagens na pressa, sem antes consultá-la, apenas tendo o seu convite sido feito algum tempo antes. Mas eu marquei com a plena consciência de que poderia acabar num albergue, tranquilo. Foi aí que o Cagado sugeriu que eu fizesse um perfil no CouchSurfing.

Para Milano, por estar um pouco em cima da hora, não consegui nenhum lugar para ficar. Para Lisboa, não consegui para os cinco dias, mas consegui fazer minha estreia como hóspede nas últimas duas noites na TERRINHA. Graças à resposta do, agora parceiro, Daniel, que me recebeu muito amavelmente na sua casa, como se fosse um velho amigo. Quando um sujeito que tu viu pela primeira vez há 20 minutos te dá as chaves da sua casa e diz “Preciso de um favor: não vou poder dormir em casa hoje, então fique à vontade, sinta-se em casa, ali é o banheiro, esse é meu computador, pode usar, etc”. não tem como não sentir uma empatia e um respeito imediato pela pessoa.

O tempo foi pouco, apenas duas noites, mas deu para ter uma amostra curta e doce da hospitalidade da comunidade CS Lisboeta. Um grande sujeito, tranquilo, culto e articulado, que eu espero encontrar de novo nessa vida.

Saímos para jantar na última noite, com uma amiga que também faz parte da comunidade, e tivemos uma boa janta (camarão ao alho e óleo, te amei pra caralho) típica portuguesa e depois conversamos bastante, uma conversa deveras agradável e cheia de inspirações.

Digo, ficar num albergue tem seu valor, se conhece outros viajantes (em 3 noites, conheci uma romena, um indiano, quatro croatas, três italianos), se pode sair a explorar a cidade com pessoas que também não a conhecem. Mas não se compara com estar hospedado na casa de um nativo, que sabe os lugares bons pra comer e beber, sabe as ruas de cabeça, te apresenta a amigos do peito e pode te dar todo um insight sobre a cultura do local. O Daniel, por exemplo, toca violão, guitarra portuguesa e sabe tudo sobre fado. Pena que saímos um pouco tarde no último dia e só pudemos pegar o finzinho de uma apresentação do chamado FADO VADIO no Museu do Fado. Do pouco que pude ver, gostei muito, peguei bastante mp3 dele. Também aprendi muito sobre a língua portuguesa de verdade e algumas suas diferenças para o português brasileiro.

Enfim, a primeira experiência foi deveras positiva e espero poder repetir a dose no futuro, assim como também poder hospedar, no dia em que tiver uma casa com um pouquinho mais de espaço.

E, ao fim de conhecer uma pessoa nova do CS, é de bom tom deixar uma referência, para que se possa consultar ao receber ou ser recebido por uma pessoa que, até ali, tu não conhece de forma alguma. Ae algumas fotos do GAJO:

Um salve aqui também ao Mano Cagado pela força em Berlin e por ser sempre uma referência em tradição, respeito, parceria, trabalho e procedimento! Heh.

Anúncios

3 comentários sobre “You only get what you give

  1. CS é muito bala!
    e tá crescendo muito aqui no Brasil!
    Quando tu voltar pro teu porto alegre, vai num weekly meeting da comunidade daqui! muito bala!
    🙂 (cagado, esse recado é pra ti tb! saudades, meninos!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s