Contessa

Segundo e praticamente último dia em Milano. Minhas costas estão quebradas de carregar mochila por aí.

1.Igrejas. Não agüento mais. Chega. Mas são um bom retiro para sentar tranquilo, de graça e organizar-se no mapa da cidade. Mochilão não eras.

2.Fiz uma visita ao cemitério da cidade. Me inspirou bons pensamentos, especialmente ao ver as covas de casais que são enterrados juntos. Igual não gostaria de ser enterrado, mas é bonito de se ver.

3.Experimentei um bom sorvete, na sorveteria Riva Reno. Sabores: morango e contessa. Recomendo.

4.Visitei o San Siro, hoje. Não vejo muito sentido em visitar estádios fora em dias de jogo. Museu de dois dos maiores times do mundo muito menor e menos divertido do que o museu do Grêmio (maior time do mundo). Não recomendo.

5. 50% da população milanesa é formada por homens brancos de terno dirigindo uma moto e falando ao celular.

Próxima parada: Lisboa, amanhã de noite.

PS: é quase impossível ouvir “CIAO” e pensar em “Oi”. Nunca registra, pra mim. É como o EMPURRE-PUSH. Ou quando o Chaves diz não e faz que sim com a cabeça.

Anúncios

Um comentário sobre “Contessa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s