Ela vem pela montanha, ela vem

Pedalei até o Montjuïc no fim da tarde e foi bem legal. Se querer, cheguei nesse lance da antena da Telefónica, que é um lugar muito surreal, parece um cenário feito para gigantes. Um espação vazio com cascatinhas, gramados e pilares. Muito estranho.

Calculando pelas distâncias, tenho atingido uma média de 16km/h com a bicicletinha. Nada mal. Hoje fui mais devagar por que estava contra o vendo.

Depois, de noite, saímos para jantar com Kthulhu e esposa, um belo arroz negro no La Fonda, regado a sangria. Nada como ir para casa de bicicleta, de noite, semi-bebum. 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s