Souleymane

Goodbye, Solo – Abaixo do que eu esperava. Mas o senegalês é uma simpatia, como todo africano parceiro. Nota 8.0

PS: a boa novidade foi o local onde fui para assistir o filme. O Instituto NT de Cinema e Cultura tá funcionando numa mansão ali na Marquês do Pombal 1.111, atrás do Hospital Militar. Na parte principal da casa, exposições (tá rolando uma chamada Circo Fellini), na parte que seria uma garagem ou algo parecido, fizeram uma modesta sala de cinema, com menos de cinquenta poltronas grandes de couro.

Permito-me criticar uma coisa: as poltronas são um pouco altas demais para uma platéia plana, é impossível assistir ao filme sem estar em postura totalmente ereta (o que pode ser bom, afinal, postura sempre é bom).

Na parte de fora, um simpático café, um ambiente bem agradável, ao ar livre. Espero que dure bastante (o fato de a sessão ter sido exclusiva pra mim não é bom sinal). Mas desconta-se o fato de que era uma terça de tarde. Ponto super positivo: é o cinema mais perto da minha casa, disparado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s