Ó, céus, ó, vida

Veredicto: morreu de vez o iPod.

O que me deixa realmente de cara com essa história são os pequenos detalhes que levaram a esse final TRÁGICO:

1.Ter estragado exatamente no dia em que a garantia expirava.

2.No dia em que saí pra rua com ele e provoquei sua morte, manifestei a vontade de não levá-lo, por ser o centrão de SP um pouco trash. Procurei o iPod Shuffle por uns 10 minutos, até chegar à conclusão de que tinha esquecido o pequenino na casa do Vavo. Era engano meu: mais tarde no mesmo dia fui achá-lo dentro do bolso de uma bermuda. Tarde demais.

3.Na hora em que fui testar a tal caixinha de som, por um segundo pensei “Nah, vou colocar só no áudio, depois dá merda nesses docks”. Mas a mulher que estava me atendendo tava tão de má vontade que saquei o iPod da proteção e encaixei no dock do mal. A tela ficou branca para nunca mais funcionar.

Affe, paciência. Mas tava tão organizadinho o iPod, várias playlists legais, todas minhas músicas nele. Agora arruinou toda minha organização. Ok, eu ainda tenho o backup de todas músicas, mas nunca vai ser a mesma coisa, quando tu vai organizando tudo.

Soluções:

a) Trocar por um novo igual por R$510, na Soma.
b) Dar um jeito de trazer um dos Estados Unidos, de 160GB, por R$430.
c) Ficar de castigo por ser tão burro até o ano que vem, se virando com o iPod Shuffle.

Acho que vou escolher a terceira opção.

Anúncios

3 comentários sobre “Ó, céus, ó, vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s