You just couldn’t let me go

O trabalho tinha ido TÃO, TÃO suave que tinha que acontecer uma merda. Acordei hoje de manhã e CADÊ MEU PASSAPORTE? Eu juro que não tenho como explicar, o negócio sumiu, meus dois passaportes. Com certeza um dos piores dias da minha vida, por que arruinei o dia de todo mundo, ficou todo mundo preocupado e empenhado em me ajudar no lance do passaporte, ao invés de aproveitar o belo dia que fez na cidade, dia que seria livre, de puro turismo. Puta que me pariu, que cagada. Eu não sei se caiu da minha bolsa, se alguém surrupiou, não tenho a mínima pista do que aconteceu. Mas isso não tira minha responsabilidade: é claro que eu deveria estar cuidando melhor do meu passaporte e caguei tudo. Espero não ser crucificado por isso, até por que, excetuando esse fator, tudo correu muito bem e fiz meu trabalho bem direitinho e, enfim, merdas acontecem.

Ainda assim, o panorama não é dos piores. Se o consulado italiano de Porto Alegre der o OK, provavelmente conseguirei ter um passaporte novo ainda amanhã. Ainda assim, por precaução, meu vôo foi transferido pra sexta de tarde. Tou tentando contatar o Stan pra ver se posso dormir na casa dele, pra diminuir os prejuízos causados pela minha negligência. Um abraço grande pra ANNA LIA, mulher que me atendeu com toda paciência e atenção no consulado italiano aqui de Paris. Antes de chegar nela, fui quase escorraçado de lá pelo cara que me atendeu na porta, antes de hora do almoço. Ele veio me perguntando onde eu morava na Itália e tudo mais, ficou duvidando da validade do meu passaporte, achou que eu tava tentando dar algum tipo de golpe. Muito desgraçado o cara, típica atitude de alguém que trabalha em embaixada, por saber que eu não tenho alternativa senão usar os seus serviços.

Mas enfim, preciso rezar muito essa noite pra tudo dar certo. A mulher ainda achou um amigo que trabalha no consulado em Porto Alegre e mandou um email pessoal expressando o caráter urgente da questão. Aí é só fazer o passaporte na hora e pelo menos é fim de semana, não vou perder nenhum dia de trabalho se eu conseguir embarcar na sexta-feira mesmo. De todo jeito, mesmo que eu consiga resolver isso de forma mais ou menos razoável, vai ficar essa cicatriz no meu CURRÍCULO, que cagada homérica. Espero que isso não tenha maiores conseqüências além da lição que tive que aprender nesse dia.

5 comentários sobre “You just couldn’t let me go

  1. Desespero não ajuda Lique. Pés no chão. Cagadas faz parte da nossa vida. O importante é aprendermos com elas. Tenho certeza de que cada membro da tua equipe tem uma pra contar. Repense teus procedimentos. Quem sabe deixaste em alguma lugar no Hotel Gaveta, cofre, armários. Não te martirise achando que o mundo acabou. Sacode a poeira e pensamento positivo.
    Abraços.

  2. hdbhsa, HOTEL GAVETA, melhor acomodação.

    eu também não veria isso como uma CICATRIZ DE CURRÍCULO, afinal, é puro azar e nada tem a ver com tua competência profissional.

    mas perder qualquer coisa é uma merda, mesmo. ainda mais passaporte. lamento.

  3. cara, tah comigo teu passaporte. esqueceu?

    heh. nao te estressa bruxo. um dia tu vai lembrar desse dia e rir, certamente se arrependendo da quantidade de stress que tu te fez passar. só mais uma etapa na vida. hope all goes well dude.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s